segunda-feira, 1 de junho de 2015

Game of Crentes ("Jogo dos Crente" em inglês) - Capítulo 7: Drink de Baygon

No capítulo anterior de "Game of Crentes": A Manifestação em Cristo flopou após todos acreditarem que Cleycianne é a verdadeira assassina do Pastor Adenilson Nogueira, nem o Pastor Jairo ficou do lado de nossa Diva, apenas Irmã Fernanda, Irmã Wanda e Deivisson comparecem ao evento, esse último pegou convocou 50 pessoas aleatórias na rua para salvar o evento. Ao chegaram na frente da sede da Igreja Ungida no Tatuapé, Irmã Cercília e todos os pastores esperavam Cleycianne rodeados de policiais. Cleycianne é algemada, acusada de ser a assassina do Pastor, porém uma voz assume a autoria do assassinato e pede para que a irmã seja solta. 




Game os Crentes ("Jogo dos Crente" em inglês) 
Capítulo 7: Drink de Baygon
Autor: Deus
Escritoura e revisoura gramatical: Cleycianne Ferreira


Olhei para o lado e todos os pastores com quem conversei durante a semana estavam presentes e me observavam com olhar de desprezo, assim como Cercília que gargalhava enquanto eu caminhava para o camburão aomilhada e quando estava prestes a entrar uma voz gritou:
- SOLTEM A CLEYCIANNE, QUEM ENVENENOU O PASTOR ADENILSON FOI EU!
Olhei para trás e não pude acreditar.
- Irmã Fernanda, que você está dizendo, cheirou ânus? - disse eu supresa em Cristo
- Cley, eu envenenei o Pastor. Eu sou a culpada! - disse irmã Fernanda esticando os braços para que os policiais a algemassem.
- Como assim, por que você fez isso? - disse me aproximando e chacoalhando a irmã obesa.
- Calma, eu contarei como tudo aconteceu...



Flashback em Cristo - Irmã Fernanda

Sempre tive pavor de mosquitos, desde criança! E por eu ser obesa, eles sempre escolheram posar em mim, pois sou um ponto de referência grande, quase uma praça de alimentação de shopping para os pernilongos. Devido a isso, eu tenho um estoque enorme de venenos para mosquito em minha casa, carrego até na bolsa, ainda mas agora que a Dengue está a solta. Porém não acho que isso seja suficiente!

Vi na televisão que pendurar saquinhos cheio de água pela casa espantava os mosquitos, então comecei a fazer isso em todos os lugares que eu frequentava. Só que como sou inteligenta, resolvi unir as duas precauções, então comecei a colocar muito baygon nos saquinhos de água, para aumentar a eficiência do truque. Na minha casa, coloquei saquinhos em todos os cômodos, na Igreja Ungida de Itaquera também e quando fui à sede da Igreja Ungida no Tatuapé eu não resisti, também quis espalhar os meus saquinhos por lá.

Então, quando cheguei ao Casamento da Irmã Wanda dei um jeito de ir escondida até a copa, que estava vazia, peguei um copo e nele comecei a misturar água com baygon para colocar em meus saquinhos, pois aquele lugar estava empesteado de mosquitos e pernilongos. Assim que preparei o primeiro "drink", ouvi Cleycianne correndo desesperada pelos corredores da Igreja, pois não havia sido aceita como nova Missionária do Culto das Mulheres da sede, então deixei tudo o que estava fazendo e fui acudi-la.

Levei Cleycianne até o altar e voltei à copa para pegar as minhas coisas, mas para a minha supresa, nada mas estava lá, nem o copo! Achei que alguém tinha me descoberto e voltei correndo ao salão para assistir o casamento da Irmã Wanda, como se nada tivesse acontecido. A única coisa que eu não esperava era que o copo cheio de veneno havia parado no altar e que o Pastor Adenilson Nogueira beberia nele.

Foi tudo um grande pesadelo, mas no final achei que aquilo havia sido obra de Deus para colocar minha rainha Cleycianne no trono da Igreja Ungida, então fiquei calada e apenas aceitei os planos do Dele.


______________________________________________

- Mas irmã Fernanda, você tem certeza que era o mesmo copo? - questionou Irmã Wanda. 
- Sim, era um copo de requeijão com desenhos do Smilinguido e eu só fui perceber que era o "meu" copo tarde demas... 

A concentração de pessoas na frente da sede havia aumentado, o papo correu pelo WhatsApp e os irmões das filiais da Igreja Ungida estavam chegando para acompanhar tudo aquilo de perto. Uma contenda pra lá de emocionante. 

- E a irmã que viu a Irmã Cleycianne colocar o veneno no copo do Pastor Adenilson? - questionou Pastor Fabiano da Grande Unção.
- Ele deveria estar mentindo... - disse Cercília sem graça em Cristo.

Foi quando uma irmã saiu do meio da pequena multidão de crentes e se pronunciou:

- Menti sim, mas menti a mando da Irmã Cercília! Ela pediu para eu testemunhar contra a Cleycianne e em troca me deu uma revistinha da Jequiti e falou que eu poderia escolher o que quisesse. - disse a pobre Irmã com cara de coitada que ninguém sabia o nome. 
- BLASFÊMEA!! CALE A BOA EM NOME DE JESUS! - Gritou Irmã Cercília
- Eu sabia que tinha armação nisso tudo! Eu não sou e nunca fui assassina de ninguém, Deus me quer no trono da Igreja Ungida, apenas isso! - respondi tentando tirar as algemas de meus braços
- Me prendam, me levem e vamos acabar logo com isso - disse Irmã Fernanda olhando para os policiais. 
- Mas gente, calma! A Irmã Fernanda só colocou o veneno no copo, ela não levou até o altar. É preciso descobrir quem levou esse copo até lá e se foi de propósito. - disse a Irmã Wanda fazendo a detetiva em Cristo.

Os policiais me libertaram e Robertão Varão de Deus foi em direção à Irmã Fernanda com as algemas: 

- Bem, a  Irmã Obesa assumiu a culpa do crime, vamos prende-la e encerrar o caso, pois a gente tem mas o que fazer. E quanto à Irmã Cercília, a levaremos para a delegacia também por suborno ilícito, assim como a Irmã com Cara de Coitada por falso testemunho - disse Robertão Varão de Deus encerrando a discussão curto e grosso.

Eu me aproximei de Irmã Fernanda e com um olhar de agradecimento a abracei e fiz uma promessa:

- Vai ficar tudo bem, irmã! Eu vou te tirar da cadeia... 
- Cley, eu sou sua dragona e estou me sacrificando para que você consiga o trono. É o que Deus quer - disse irmã Fernanda me abraçando bem aperto entre suas banhas.

Enquanto isso, Irmã Cercília saia algemada, aos berros dizendo que eu ia pagar pelo que estava acontecendo. Foi então que cheguei bem perto dela, joguei meu cabelo em seu rosto e saí andando, após três passos olhei para trás e disse:

- O JOGO VIROU, QUERIDINHA! CARA NA POEIRA!
- Você me paga, Cleycianne. Você não vai sentar nesse trono, NUNCA!!! - disse Irmã Cercília sendo contida pelos policiais enquanto entrava no camburão.

Pastor Jairo se aproximou de mim, me abraçou e pediu perdão por ter acreditado que eu era uma assassina, os outros pastores fizeram o mesmo! Quando menos percebi, a pequena multidão de crentes havia aumentado e todos gritavam:

- CLEYCIANNE, SENTA NO TRONO! CLEYCIANNE, SENTA NO TRONO! SENTA! SENTA! SENTA! CLEY! 

Emocionada, peguei o megafone que estava nas mões de Deivisson, subi numa cadeira e comecei a discursar: 

- Deus escreve certo por linhas tortas, até poucas horas atrás eu jamais poderia imaginar que isso aconteceria. Eu sempre acreditei em milagres e esse milagre foi maior do que a minha reconstrução vaginal sem cirurgia, após a minha conversão. Fico muito feliz que o meu exército volte a acreditar em mim, sei que existem várias leis dos homens que me impedem de assumir o trono da Igreja Ungida, mas quem se importa com isso, não é mesmo? O que importa é a vontade de Deus e ele me quer lá dentro, sentada no trono! 

A multidão gritou, se aproximou de mim, levantou a minha cadeira e eu sentadinha fui guiada por eles até o salão da Igreja Ungida do Tatuapé onde o trono, uma linda poltrona comprada na loja Sylvia Design me esperava. Os irmões me deixaram no altar e lá de cima eu acenava e mandava beijos para todos, que ainda gritavam o meu nome.  Me virei e fiquei de frente ao trono, mas quando estava prestes a sentar naquele chique móvel fui interrompida pelo Pastor Fabiano da Grande Unção: 

- Espera aí, irmãzinha! Acho que você está esquecendo do nosso trato, não? 
- Trato? Não lembro de nada... - disse eu fazendo a crente desentendida e sonsa. 

Fabiano da Grande Unção segurou meu braço forte, tirou uma arma, deu uns pipoco pro alto e gritou com a multidão. 

- Saiam todos, em nome do Senhor! Tenho algo a resolver com essa irmãzinha aqui...
- Calma, Pastor! Não faça isso... - disse eu tentando acalmar Fabiano enquanto os irmões corriam para fora. 
- Calma nada, você vai anunciar o casamento comigo agora, senão conto para todos eles o que você guarda no quarto da porta vermelha! 


FIQUEI CATATÔNICA EM CRISTO. 




E agora? Será que Cleycianne se casará com Fabiano da Grande Unção? Qual o segredo do quarto da porta vermelha? Nossa heroína conseguirá mesmo se sentar no trono? Não perca os últimos capítulos de "Game of Crentes". 

21 comentários:

  1. Nossa que tribulação hem? É isso mesmo

    ResponderExcluir
  2. Irmã Cley,

    Esse pastor vai te arrombar de novo, sua vagina que foi reconstruída com oração voltará a ficar larga e funda, misericórdia.

    ResponderExcluir
  3. Ermã mais que virada de mesa, quanta benção.ficarei aqui roendo as unhas e orando na espera do proximo capitulo.Mais acho que voce nao deve ir a delegacia atras da Ermã Fernanda, pois agora que está presa será acometida novamente pelo encosto do lesbianismo. Que G-ová te proteja.

    ERMÃO TONHÃO CHAPELETA.

    ResponderExcluir
  4. Aposto minha vela de 7 dias que a irmã Cleycianne atrás da porta vermelha faz pograma cobrando vintão e até mesmo fazendo anal giratório. Imagina depois que ela sentar no trono do ungido pastor como ela vai ficar mundana?
    Força Cley !
    Irmã Maria Eugênia.

    ResponderExcluir
  5. Irmã Cley, quanta bençã em Cristo irmã vitouriosa a senhora. Coitada da obesa, quem sabe a prisão fará bem a ela.

    ResponderExcluir
  6. Pastora Valdirene2 de junho de 2015 07:37

    Que ABESSURDO!!! Eu já não assuporto mas ver o sofrimento da irma Cley. Vou organizar uma caravana com todos crente do trianglo mineiro e nós iremos para São Paulo apoiála. Mesmo sendo no exterior... não importa. Os interessados deve me procurar. Ofereço ónibus, passaporte, ospedage e alimentação. Financeio de seis veses no cartão e no pré-datado.

    ResponderExcluir
  7. 🍌 Cley que Jesus te proteja do Pastour dotado

    ResponderExcluir
  8. Irmã Cleicianny que Cristo fortaleça sua força interna e fortaleça sua cabeça para você ser forte com Cristo, Hannasa aleluias

    Irmã que Cristo te fortaleça já que essa luta é pesada e agüente as provações com força da cabeça aos pés de Cristo
    Irmã Gennesia

    ResponderExcluir
  9. Irmã Cley, por Jesus estive na parada gay em São Paulo para evangelizar os homosexuais, Eta povinho difícil de convencer eles só pensam em dar o anus e fazer coreô da Madonna.
    Não perdi tempo peguei meu microfone em Cristo e soltei para os gays "aceitem Jesus ou vocês irão para o inferno" mesmo assim foi muito difícil. Irmã jurema

    ResponderExcluir
  10. Cley eh uma biscatinha da porta vermelha...
    Irma Maria Eugenia

    ResponderExcluir
  11. Ermã Cley, quanta demora pra publicar o proximo capitulo, já roí todas as minhas unhas não aguento mais esperar, estou anciosa em Cristo pra saber se vc será arrombada pelo pastouro da grande bença.Vou continuar aqui roendo o que me resta das unhas e tomando umas gotinhas do ungido Rivotril para suportar tamanha espera pelo proximo capítulo de Game Of Crentes.
    ERMÃ MARIA CABACYLENNE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Ermã Maria Cabacylene, diante de todo sofrimento da nossa diva ermã Cley o seu interesse é em saber se ela sera arrombada pelo pastour dotado?! Oooooca, ooooca, ooooca! Teje repreendida em Cristo sua sonsa satânica! Recomendo sentar na bacia de gelo para apagar o fogo nessa piriquita satanicamente larga.

      Ermã Josefa Apertadinha

      Excluir
    3. Gente a Ermã Josefa Apertadinha é na verdade um homossexual passivo que atende como Rafa! Vejam como são os castigos de Deus! desvendando a identidade da falsa crente!

      Irmã CUNEGUNDES

      Excluir
  12. Meu Jesus proteja a Cley

    ResponderExcluir
  13. Os Gays vão para o inferno e os pastores políticos vão aprovar e colocar em prática a cura gay. Amém. Antônio

    ResponderExcluir
  14. Queridos irmãos, ando sumida pois ainda estou me recuperando da parada gay. Como sabem, sempre vou todos os anos vestida de Iemanjá com meu lindo manto bordado azul, cheio de bíblias e óleo ungido escondido , para evangelizar e expulsar Satanás do corpo daquelas pobres criaturas. Mas quis o destino que o Tinhoso me aprontasse uma esparrela , fui sequestrada por uma gang de mais de 30 lésbicas masculinas caminhoneiras idosas, fiquei 2 dias refém dessas senhoras sendo objeto de luxuria pecaminosa para todas, eram tantas dedadas , cinta pênis e línguas tão ásperas que fiquei com a vagina e adjacências toda esfuleirada Agora que estou mais recuperada e cicatrizada voltei a frequentar meu Culto ,mas ainda me sento de bandinha. apesar de estar fazendo banho de assento e usando Hipoglós .
    Incrível como esses pecadores não respeitam o povo de Deus, tudo bem que eu estava belíssima de Iemanjá e apesar da idade ainda estou bem comestível. Mas aguardo providencias divinas urgentes pois há anos consagrei minha vagina a Cristo!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pobre Dona Paquita deve tá só o bocal. A pessoa sai de casa para fazer um trabalho de evangelização e passa por isso! Que culpa tem ela de ficar linda vestida de Iemanjá com seu manto? Espero que se recupere logo.

      Irmã Cabacilenny Elizabeth Mastrantônio

      * esta outra MARIA CABACYLENNE deve ser uma impostora toda arrombada em Satanás.

      Excluir
    2. Que bom que a senhora voltou estávamos preocupadas , agora só fala a irmã Sorvetão voltar para que a decência volte a este blog. Pois estamos notando a presença de inúmeros homossexuais e pessoas ligadas diretamente a Satanás.

      Ungidas Virgens

      Excluir
  15. Adoro a dona paquita kkkkk

    ResponderExcluir
  16. Eu sou crente e sou da universal, lá temos uma campanha forte e poderosa contra as possesoes da prostituição e do homosexualismo!

    Jesus e a equipe de 70 pastores são ungidissimos para curar esses males!

    Irmão Jose
    São Paulo

    ResponderExcluir