quinta-feira, 18 de junho de 2015

Game of Crentes ("Jogo dos Crente" em inglês) - Capítulo 8: Uma crente, um trono e um segredo

No capítulo anterior de "Game of Crentes": Irmã Fernanda assumiu que envenenou o Pastor Adenilson Nogueira acidentalmente, Cercília foi desmascarada pela Irmã com Cara de Coitada que contou que foi subornada com perfumes Jequiti para entregar Cleycianne à polícia, as duas foram presas. Povo de Deus ficou sabendo que Cleycianne era inocente e compareu em peso em frente à sede da Igreja Ungida, reinvidicando nossa heroína como verdadeira herdeira do trono. Cleycianne conquista o trono, porém na hora que vai sentar na linda poltrona da Sylvia Design é interrompida por Fabiano da Grande Unção que cobra o acordo de casamento dos dois.




Game os Crentes ("Jogo dos Crente" em inglês) 
Capítulo 8: Uma crente, um trono e um segredo
Autor: Deus
Escritoura e revisoura gramatical: Cleycianne Ferreira


- Me solte, Pastor... o senhor não sabe de nada. Eu não vou me casar com você! - disse eu fazendo a crente afrontosa
- Sei sim, você guarda uma coleção de consolos e lingeries eróticas naquele quarto da sua casa. Você quer que todos saibam disso? Eu posso destruir a sua vida se você não casar comigo, escutou crentinha gostosa? Saudades do seu rabo...  - disse o Pastor me puxando para perto dele, me encoxando por trás e dando um tapinha em minha bunda.
- Aquele dia em que fui buscar o seu apoio, fiz cara de assustada quando você disse que sabia o meu segredo, mas eu estava apenas blefando para conseguir o apoio da Igreja Ungida da Fazenda da Juta, não existe nada disso em minha casa. CARA NA POEIRA! - disse eu esbaforida ao ser apertada fortemente por Fabiano da Grande Unção
- Você continua a mesma piranha que acabou com a minha carreira de ator pornô, você não merece esse trono, Cleycianne. Por isso vou te matar, aqui e agora! - disse o Pastor apontando a arma para a minha linda cabeça loura.
- Você será preso, alias, nem uma arma você poderia ter. Você é Pastor!!
- Por isso mesmo, sou Pastor e posso tudo, até a polícia está do meu lado. Vou te matar e todos vão acreditar na versão de que você não aguentou a pressão de sentar no trono e se matou.

Fechei meus olhos e comecei a orar para Jesus me ajudar, eu não poderia morrer em um momento tão importante para mim, mas logo ouvi uma voz máscula dizer:

- Solte a Cleycianne! PORRA!!

Fabiano olhou assustado procurando de onde estava vindo aquela voz, mas foi supreendido com uma rasteira em Cristo, que o fez atirar para o teto e me soltar. Fabiano bateu a cabeça fortemente no chão, ficou desacordado e eu pude ver o rosto de meu herói:

- Irmã Wanda? Pensei que meu herói fosse um homem!
- Cley, eu sou sua dragona e para te defender sou capaz até de lembrar os meus tempos de sapatão lutadoura de boteco. - disse Irmã Wanda me abraçando bem apertado em seus braços fortes.
- Obrigada, Irmã. Mas agora me solte, pois eu vou sentar sentar naquele troninho lindo, ninguém mais poderá me impedir. 

Irmã Wanda imobilizou Fabiano da Grande Unção e eu fui andando em câmera lenta em direção ao trono da Igreja Ungida. Me aproximei, passei a mão em seu assento macio by Sylvia Design, virei meu bumbum bem devagarzinho e sentei bem gostoso revirando os olhos com o prazer de estar no topo novamente.

- Irmã Wanda, vá até Itaquera, se vista de noiva e busque Robertão Varão de Deus na delegacia que eu vos casarei hoje mesmo, é o mínimo que posso fazer por você ter salvo a minha vida. - disse eu sentada no trono com cara de rainha agradecida.

Irmã Wanda soltou um sorrizão, fez uma reverência para mim e saiu carregando Fabiano da Grande Unção desacordado para fora da Igreja, enquanto eu pegava o WhatsApp e comunicava todos os irmões da congregação que haveria casamento e minha "coroação" como rainha da I.U. naquela noite mesmo.

Lembrei que eu precisava me vestir adequadamente para a ocasião, que começaria as 20 horas e ainda eram 16 horas, então dava tempo de eu voltar para Itaquera e ficar linda. Peguei uma carona com Deivisson, que estava com o carro importado de seu pai Pastor e cheguei rapidinho em minha casa:

- Obrigada pela carona, Deivisson - disse eu fazendo cara de agradecimento caronístico.
- Cley, preciso da senha do iPhone que você me deu como prêmio. Ele está bloqueado e não consigo usa-lo, lembra?
- Calma, vou entrar e pedir para Layla Camile, pois esse iPhone estava no bolso dela quando a salvei de ser lésbica. Já volto! 

Enquanto ele esperava, fui até o quarto de Layla Camile, que ainda estava amarrada na cama para curar o seu lesbianismo masculino:

- Mãe, por favor, me tire daqui! Eu já virei hétera de novo, não aguento mais comer alface e tomar rivotril... - disse Layla Camile assim que entrei em seu quarto.
- Layla, mamãe só quer o melhor para você, meu bebê. Jesus faria mesma coisa se estivesse aqui em meu lugar, eu sou cristã e sei o que é correto. Agora me passe a senha daquele iPhone que encontrei em seu bolso...
- Como assim? Você pegou o iPhone que eu achei?
- QUAL A SENHA, LAYLA!?
- Zero, meia, meia, meia... - disse Layla com seus olhinhos tristes.
- Fique calminha que mamãe já volta, hoje é minha coração e eu te soltarei para assistir esse espetáculo - disse eu passando a mão em sua carinha pálida de modelo desfiladeira. 

Saí de casa e passei a senha para Deivisson, que deu risada ao pronunciar aqueles números de forma tão natural:

- Nossa, a senha do iPhone é o número da besta? kkkkkkkk AMOOOOO!!
- Nem tinha percebido, Meu Deus!! - fiquei desesperada, aquele celular só poderia ser coisa de Satanás.
- Calma, Cleycizinha, eu vou mudar a senha, fique sossegada. Consegui acessar aqui, mas tarde venho te buscar para te levar à coroação. - disse Deivisson dando um beijo molhado no lado direito de meu rosto.

Antes de desamarrar Layla, fui tomar um banho purificador em Cristo. Entrei no chuveiro em câmera lenta, como se estivesse filmando uma propaganda para o chique sabonete Lux Luxo, lavei meus seios bem devagar, fazendo movimentos circulares em volta de meus mamilos rosinhas, enfreguei minha barriga negativa, minhas coxas e por fim lavei minha vagina suavemente, assim como o ânus, sem nenhum indício de masturbação. Lotei meu cabelo de shampoo e condicionador Dove, joguei para frente, joguei para trás e fiz carinha sensual em Cristo, mesmo com o sabão caindo em meus olhos. Eu estava toda ensaboada, quando ouvi gritos e vários barulhos pela minha casa. Desesperada para saber o que estava acontecendo, comecei a me enxaguar rapidamente, me enrolei em uma toalha e saí assustada do banheiro:

- Layla, o que está acontecendo? Filha, me responda... - disse eu indo em direção ao quarto de Layla Camile.

Quando cheguei na porta, uma surpresa: Layla não estava mas amarrada na cama. Sai correndo desesperada pela casa e percebi que todas as portas estavam abertas, até a porta do quarto da porta vermelha.

- Meu Deus, fui assaltada e levaro minha filha!!

Logo peguei meu iPhone dourado e liguei para a Irmã Wanda, que prontamente chegou em minha casa:

- Irmã, o que aconteceu?
- Não sei, Irmã Wanda. Esta tudo arrombado aqui e Layla desapareceu...
- Nossa, acabei de ver Layla saindo daqui de mãos dadas com uma mulher, só não consegui reconhecer o seu rosto, mas elas entraram em um carrão importado. Robertão disse que Cercília foi solta, será que ela sequestrou a sua filha?
- Solta? Como assim solta?
- Ela conhece os policiais, tem dinheiro... gente rica não fica na cadeia, Cley! Mas olha, a mulher que levava Layla parecia diferente, ela era loura e não ruiva como aquela pirigóspel. 

Fiquei paralisada, mas uma vez eu estava sem minha filha e bem no dia de coroação que eu batalhei tanto para conquistar. Sentei na mesa zonza, pinguei umas gotinhas de rivotril em Cristo na minha boca e depois de 8 minutos pensativa, cheguei a uma conclusão:

- Irmã Wanda, nada atrapalhará a minha coroação e o seu casamento hoje. Seguirei firme no meu propósito e depois que tudo isso passar, resolvo essa contenda com Layla. Não quero que ninguém sabia sobre isso, ok? Depois da coroação a gente conta e aciona a polícia. Layla entenderá a minha atitude, as coisas do Senhor sempre vêm em primeiro lugar. 

Eu demonstrava calma por fora, mas por dentro eu era pura angústia! O quarto da porta vermelha estava aberto, o que eu guardava lá era algo que me envergonhava muito e que poderia destruir minha vida Cristã em segundos se fosse descoberto, mas mesmo assim levantei a cabeça, me arrumei como uma Anja do Senhor e fui para a minha coroação guiada por Deivisson.

Ao chegar na sede da Igreja Ungida, percebi que a congregação estava lotada, todos esperavam a entrada triunfal da nova presidenta, a rainha das 7 Igrejas. Mas para não estragar a supresa do meu modelito, um vestido longo todo branco e com mangas que imitavam asas de anja, entrei pelas portas dos fundos.

A hora do culto estava se aproximando e eu me preparava para meu número musical de entrada triunfal, um lipsync de "Hino da Vitória" da ungida cantoura Cassiane. A cabeça estava a mil, mas a sensação de estar no topo novamente era uma coisa deliciosa! Olhei para o relógio de meu iPhone dourado e já eram 20 horas em ponto, dei o sinal para o iluminador e para o sonoplasta e fui em direção à porta que dava entrada para o altar.

As luzes começaram a piscar e a fumaça começou a cobrir todo o altar enquanto as primeiras notas do  louvor tocavam. Entrei fazendo meu lipsync dramático em Cristo, fui ovacionada pelos irmões, que gritavam "rainha" e batiam palmas para mim. Todos os Pastores das outras Igrejas estavam presentes para me prestigiar, menos Fabiano da Grande Unção, que desapareceu depois do incidente da tarde.

Terminei minha perfomance de braços abertos e fazendo cara de crente chorosa, enquanto as pessoas batiam palmas e gritavam, um barulho quase que ensurdecedor em Cristo. Peguei o microfone, pedi silêncio e comecei meu discurso:

- Quando Deus quer muito alguma coisa, ele faz de tudo para que ela aconteça. Hoje eu estou aqui, onde ele queria que eu estivesse, finalmente a vontade dele foi feita...

Interrompi meu discurso para respirar, pois estava muito emocionada,  e quando olho para a porta da Igreja, vejo irmã Cercília e Fabiano da Grande Unção entrando no salão e gritando:

- TIREM ESSA PIRANHA DO ALTAR, AGORA!!!
- Isso mesmo, ela não merece estar aí. Ela enganou todos vocês!! - completou Cercília. 

A Igreja virou um furdunço e eu tentei acalmar a todos.

- Calma, crentes! Esses dois querem me destruir, pois sentem inveja de mim... SEGURANÇAS, COLOQUEM ELES PARA FORA AGORA!! 

Infelizmente não haviam seguranças, pois Cercília os havia dispensado por telefone e eles não sabiam que a I.U. agora tinha uma nova rainha. Fiquei com a Cara na Poeira!!

- Escutem, irmões! Essa aí que está no altar, amarrou a própria filha na cama, por suspeitar que ela era lésbica e a sedou com Rivotril durante dias. Além disso, ela possui um quarto em sua casa...
- Cale-se, Cercília! Amarrei minha filha pois foi a única forma que encontrei para curar ela do lesbianismo, fiz isso por amor, eu a amo muito! - disse eu com lágrimas no olhos esquerdo.
- Não parece, sua filha sumiu hoje a tarde e o que você fez? Veio aqui ser "coroada", você só se importa com poder, não liga para a sua família - completou Cercília afrontosa. 

A Igreja ficou em silêncio e Cercília prosseguiu:

- E tem mas, ela guarda um segredo horrível em um quarto de sua casa e eu vou mostra-lo para todos vocês agora!!
- Não acreditem nessa mulher, ela não esta falando coisa com coisa... - disse eu com sangue no zóio em Cristo e me tremendo toda. 

Cercília saiu correndo para fora da Igreja e retornou rapidamente com Fabiano da Unção e o segredo que eu tanto escondi de todos.

- Esse aqui é o segredo de Cleycianne. Olhem bem e me respondam: essa mulher merece mesmo ser a "rainha" de vocês? - questionou Cercília. 

Eu fiquei branca em Cristo, não podia acreditar que aquilo estava acontecendo e na hora do desespero, sussurrei para mim mesma:

- QUERIA ESTAR MORTA! 




E agora, qual será o grande segredo de Cleycianne? O que aconteceu com Layla Camile? Nossa heroína perderá o seu trono? Não perca o grande final de "Game of Crentes", dividido em 2 capítulos: 




__________________________

Continue lendo...


4 comentários:

  1. Ansiosa pelos próximos capítulos, Cley que luta imã! Mas Cristo é mas!

    Amém

    ResponderExcluir
  2. Eu sou crente e sou da igreja universal, lá temos uma campanha forte e poderosa contra as possesoes da prostituição e do homosexualismo!

    Jesus e a equipe de 70 pastores são ungidissimos para curar esses males!

    Irmão Jose
    São Paulo

    ResponderExcluir
  3. Eu acho que nesse quartinho Cley abria a cam sem mostrar o rosto pra homens no satânico site Cam4 pra reforçar a renda da família .

    ResponderExcluir
  4. Cley envia umas fotos da sua pepeca para meu email givonigiuliano@gmail.com

    ResponderExcluir